OMEGA 3: UM CORAÇÃO PROTEGIDO DE DOENÇAS CARDIOVASCULARES ~ Hábitos e Nutrição Fit



21/01/2017

PARA QUE SERVE O OMEGA 3O ômega-3 é o nome dado à família de ácidos graxos das gorduras poli-insaturadas, ou seja, saudáveis para o consumo humano e que apresentam vários benefícios para quem às inclui na dieta. Dentro desta categoria podemos dividir três tipos diferentes: 

o ácido docosaexaenoico (DHA), ácido eicosapentaenoico (EPA) e o ácido alfa-linolênico (ALA).

O DHA e EPA são os ácidos encontrados nos peixes e ainda ótimos para a proteção do nosso coração, ajudando na prevenção de doenças cardiovasculares e também muito mais fáceis de serem absorvidos pelo nosso organismo. Apesar do ALA também apresentar um ótimo benefício para o corpo, ele não demonstra tantas vantagens quanto o docosaexaenoico e o eicosapentaenoico – este ácido pode ser encontrado na linhaça, soja e óleo de canola e tem a característica de fazer uma conversão enzimática de 1 a 2% em DHA e EPA.

Além de estar disponível de maneira natural, algumas empresas disponibilizam o ômega-3 em cápsulas, facilmente encontradas em farmácias. Apesar das várias vantagens de ser consumida, essa gordura, quando utilizada como complemento, deve sempre ser acompanhada com uma supervisão médica. Alguns efeitos colaterais podem ser vistos no seu consumo excessivo, como náuseas, diarreias, um forte hálito de peixe, entre outros. Recomenda-se uma dose diária de 250 mg de ômega-3 para adultos e 100 mg para crianças, que, se separarmos na semana, podemos dividir entre 3 e 4 dias.

Vantagens e prevenção de problemas de saúde

A prevenção de vários problemas de saúde consumindo ômega-3 já é bem conhecida, porém, a extensão da sua importância não se limita apenas aos efeitos preventivos. Pessoas que já sofrem de algum problema sanguíneo, por exemplo, diminuem as chances e até podem retardar alguns efeitos que botam em risco o organismo durante o consumo de alimentos ricos na gordura.

Um ponto que várias pessoas não conhecem é a capacidade do ômega-3 ser um ótimo aliado na saúde dos olhos. Ele consegue trabalhar no recobrimento da retina, estimulando o cérebro a produzir todas as imagens que vemos – além de ajudar na sua lubrificação, evitando mais problemas oculares. 
Outra característica é ter uma ótima ação anti-inflamatória que, apesar de pequena, ajuda na recuperação de pessoas que sofrem com problemas de artrites, diminuindo as dores sentidas pelos pacientes durante o processo de tratamento. 

Atualmente, existem vários estudos sobre o ômega-3, todos apontando algum tipo de benefício em pessoas com problemas de diabetes, obesidade, pressão, depressão e combate à osteoporose.

Alimentos ricos em ômega-3

Alguns alimentos são grandes aliados no consumo do ômega-3. Os peixes que apresentam a “gordura saudável” em maior quantidade são o atum, o bacalhau e a sardinha. Pouca gente sabe, mas o camarão, quando consumido ainda fresco, também concentra boas quantidades da substância, variando de uma espécie para outra. 
Durante o processo industrial, é normal algumas empresas enriquecerem certos alimentos com ômega-3. Vale ressaltar que, mesmo com esse procedimento, ainda é recomendável o consumo natural da substância, uma vez que pães, leites, ovos e até manteigas enriquecidos apresentam uma quantidade pequena da gordura, o que em muitos casos pode não fazer diferença entre o seu consumo ou não.

0 comentários:

Postar um comentário


Muitas das imagens do nosso blog vem de fontes diversas, sendo em sua maior parte externas e muitas não autorizadas. Algumas das fotos pertencem ao blog Habitos e Nutrição Fit, a menos que sejam creditadas. Se alguma foto de sua autoria estiver no nosso blog e você desejar sua remoção, favor enviar um email para habinutrifit@gmail.com que prontamente a retiraremos do ar.

Translate this Blog!

Pode deixar o seu recado aqui!

Nome

E-mail *

Mensagem *

Seguidores Google+

Saiba o seu IMC!

Postagens mais visitadas